Blog

Conheça alguns benefícios de comprar o seu imóvel durante a crise

Conheça alguns benefícios de comprar o seu imóvel durante a crise

 

Todo mundo tem o sonho de conquistar a sua casa própria, mas é uma decisão que precisa de planejamento, pesquisa e cuidado, principalmente em momentos de instabilidade econômica. A crise, por outro lado, pode não ser um problema tão grande e sim uma oportunidade para quem deseja comprar um imóvel.

 

 

Com a instabilidade da economia, as construtoras buscam diferenciais para atrair clientes interessados, ou seja, o momento para se adquirir imóveis é bom, mas é importante que escolher o imóvel ideal para a sua necessidade e que caiba dentro do seu orçamento. Desse modo, veja algumas vantagens de adquirir um imóvel durante a crise:

 

Custos menores

A crise faz com que os preços fiquem estáveis, tornando o momento perfeito para que os consumidores consigam comprar imóveis com ótimos preços e ofertas. É uma oportunidade para utilizar aquele dinheiro que ficou guardado para conquistar sua casa.

 

Depare-se com mais opções nos estoques

Visando alcançar os diversos públicos, as construtoras investem em imóveis para todos os bolsos. É possível encontrar desde apartamentos econômicos até imóveis de luxo com bons preços e descontos.

 

É provável que o mercado imobiliário retorne para a trajetória de crescimento anterior no segundo semestre de 2016, ou até antes disso. A necessidade dos brasileiros de comprar um imóvel é real, e com a economia se estabilizando novamente, os preços também vão voltar ao que eram antes. O importante é não perder tempo e aproveitar os baixos custos e facilidade nos financiamentos para obter o tão desejado imóvel agora!

 

O mercado imobiliário tem tudo para crescer neste ano de 2016, então aproveite as oportunidades e entre em contato com um de nossos corretores para conhecer as melhores condições de imóveis, novos e seminovos. Entre em contato conosco através do telefone (79) 3214-2121, do WhatsApp (79) 99899-2121, ou nas nossas redes sociais:

 

     

 

Fonte: http://bit.ly/1OSlpC5